COVID-19 Notice: WE ARE OPEN AND OPERATING NORMALLY
Beta Analytic, as a laboratory, is considered an essential business under Florida's statewide Stay-at-Home Order. Taking the necessary measures to maintain employees' safety, we continue to operate and accept samples for analysis. IRELAND - Our forwarding office in Dublin is CLOSED at this time due to the current government restrictions. Please contact us BEFORE sending your samples so we can recommend you the best way to proceed.

Biodiesel e biomisturas – combustíveis alternativos renováveis

biodiesel can be tested for biomass content via ASTM D6866
O biodiesel é um biocombustível produzido a partir de gordura animal, óleos vegetais ou gordura reciclada de restaurantes. Esse combustível líquido biodegradável é composto de ésteres alquílicos de ácidos graxos, ésteres metílicos de ácidos graxos, ou de ésteres monoalquílicos de cadeia longa. As biomisturas são misturas de biodiesel e diesel à base de petróleo.

O biodiesel é considerado uma boa substituição para o diesel à base de petróleo para ser utilizado em motores de ignição por compressão porque ele emite menos gases prejudiciais e enxofre, quando queimado. O biodiesel também é consideravelmente mais seguro que sua versão de base fóssil, devido às suas qualidades atóxicas e menos combustíveis (ponto de inflamação mais alto). Apesar do biodiesel conter cerca de 8% menos energia por galão do que o diesel de petróleo, não há relatos de diferenças significantes no desempenho ou economia de combustível.

O Departamento de Energia dos EUA diz que há quantidades suficientes de óleo de soja virgem, gordura reciclada de restaurantes e outras matérias-primas para produzir aproximadamente 1,7 bilhões de galões de biodiesel por ano sob as políticas desenvolvidas para incentivar o uso do biodiesel no país.

A produção de biodiesel

O biodiesel é produzido através da esterificação. Gorduras e óleos são misturados com álcool, normalmente metanol, para formar ésteres metílicos de ácidos graxos com a presença de um catalisador, normalmente hidróxido de sódio. A glicerina é um subproduto da produção de biodiesel.

Misturas de biodiesel

Nos Estados Unidos, é permitido misturar biodiesel com diesel derivado de petróleo em qualquer porcentagem. O biodiesel B100 é biodiesel puro, o B20 contém 20% de biodiesel e 80% de diesel de petróleo, e o B5 contém 5% de biodiesel e 95% de diesel de petróleo. A maioria dos usuários de biodiesel escolhem o B20 porque ele não apresenta os mesmos problemas de compatibilidade material e de desempenho em baixas temperaturas que o B100 apresenta.

As biomisturas também emitem menos gases de efeito estufa quando queimadas, em comparação com o diesel de petróleo. Segundo o Centro de Informação de Combustíveis Alternativos e Veículos Avançados do Departamento de Energia dos Estados Unidos, o uso do B100 reduz emissões de CO2 em mais de 75%, em comparação com o diesel de petróleo. O uso do B20 reduz as emissões de dióxido de carbono em 15%.

Regulamentações e Incentivos nos EUA

Há muitos incentivos e leis para o uso de biodiesel e biomisturas em nível estatal e federal. O estado de Washington apresenta o maior número, com 4 programas de incentivos e 13 leis. A maioria dos estados oferece isenções e deduções de impostos para incentivar a população a usar biodiesel. O B100 e misturas de B20 ou mais podem receber créditos de combustíveis alternativos, segundo a Lei de Política de Energias de 1992.