Quais são as vantagens da análise da origem de produtos naturais?

Os produtos que são 100% originários da natureza (“produtos naturais”) são frequentemente mais caros que seus equivalentes sintéticos. Por causa disso, algumas empresas tendem a rotular erroneamente as alternativas artificiais, que são normalmente derivadas do petróleo, como produtos naturais. Através da análise da origem de produtos naturais certificada pelo ISO 16620-2 (natural product testing), fabricantes, fornecedores de matérias-primas, distribuidores, consumidores e entidades reguladoras podem:

Validar declarações de fontes naturais

Obter um relatório analítico preciso de terceiros que comprova a porcentagem de componentes no produto derivados de fontes de origem biológica, em contraponto a fontes sintéticas ou de origem fóssil.

Identificar produtos com sabores ou aromas “naturais” adulterados ou fraudulentos

A análise de base biológica (método de carbono-14) diferencia os produtos naturais de seus equivalentes derivados de petroquímicos. Por exemplo, a rotulagem equivocada de vanilina sintética como sendo baunilha natural pode ser seguramente detectada.

Auxiliar na direção da pesquisa e desenvolvimento de produtos de origem natural

Obter informações vitais durante a etapa de pesquisa e desenvolvimento de um produto. Otimizar e medir o conteúdo de base biológica de seu produto ao longo do tempo durante o qual se elimina o conteúdo fóssil/sintético.

Para obter mais informações, consulte os artigos do Beta Analytic:
A Closer Look at Garlic Oil: Verifying Naturality” na revista Perfumer & Flavorist (julho de 2017)
How to Back Up Clean Label Claims” na revista Food Ingredients First (junho de 2017)
Carbon-14 Analysis Helps Verify ‘Natural’ Claims” na revista Natural Products Insider (março de 2017)
Natural Source Testing for Flavors and Fragrances” na revista Perfumer & Flavorist (dezembro de 2016)

A análise de autenticidade de produtos naturais com o ISO 16620-2

A norma ISO 16620-2 é um padrão internacional que inclui a análise por carbono-14 para medir a porcentagem exata de carbono de um material originário de fontes renováveis ou de biomassa. Os resultados para a análise de origem de produtos naturais são relatados de acordo com o padrão ISO 16620-2 8.3.2: conteúdo de carbono de base biológica como fração do carbono total (TC). O relatório segundo a norma ISO 16620-2 não contém informações sobre se o produto é originário de plantas, animais ou materiais microbiológicos; em vez disso, ele indica a origem natural ou sintética do carbono.

Aproveite as vantagens da experiência do Beta Analytic!

icon 01

Resultados de análises em apenas 2-5 dias úteis

O laboratório normalmente entrega resultados em apenas 2-5 dias úteis. Os resultados podem ser acessados online 24/7, inclusive os relatórios de certificação de qualidade e fotografias das amostras.

icon 01

Pioneiros em análise de carbono de base biológica

O laboratório foi um dos principais desenvolvedores do primeiro padrão para a determinação de conteúdo de base biológica de produtos com o método de radiocarbono (ASTM D6866), e foi consultor técnico para todas as mais importantes iniciativas de padronização de conteúdo de base biológica do mundo, inclusive do ISO 16620-2.

icon 01

Consultas técnicas de alto padrão

O Beta Analytic possui experiência incomparável com amostras complexas de base biológica. O laboratório oferece suporte ao cliente em diversos idiomas: chinês, francês, alemão, italiano, japonês, coreano, português, espanhol e turco.

icon 01

Laboratório livre de marcadores

O Beta Analytic é um laboratório de radiocarbono de nível natural e não aceita amostras farmacêuticas que contenham níveis de marcadores de carbono-14, a fim de eliminar o risco de contaminação cruzada.

O seu produto é natural? Então prove!

Para análises de produtos de origem natural de confiança, rápidas e precisas, sempre escolha o Beta Analytic.FALE CONOSCO