COVID-19 Notice: The lab is currently operating as usual and following the safety recommendations from the government in Florida. We will continue to monitor the situation closely to ensure employee safety.

Due to these unprecedented times, the situation may change at any moment, and we encourage you to contact us before sending your samples so we can recommend you the best way to proceed.

Análise de conteúdo de base biológica – uma ferramenta para detectar falsificações

Curcumina A análise de autenticidade de produtos naturais comA popularidade dos produtos naturais tem aumentado cada vez mais, e enquanto essa tendência continuar, é prevalente a demanda por uma ferramenta confiável para a detecção de falsificações. Os produtos de fontes naturais são mais caros que seus equivalentes sintéticos, portanto, a adulteração ou uso fraudulento das versões mais baratas e artificiais, normalmente derivadas de combustíveis fósseis, apresenta um problema para a indústria. Como resultado, a possibilidade de detectar produtos adulterados ou fraudulentos tornou-se um imperativo para as partes interessadas por toda a cadeia de suprimentos, desde os fabricantes e distribuidores até os próprios consumidores.

A análise de conteúdo de base biológica (análise por carbono-14) é uma ferramenta para a detecção de falsificações. Ao determinar no produto a quantidade de carbono derivado de fontes renováveis em relação às fontes de combustíveis fósseis, é possível verificar qualquer declaração de teor de base biológica, e detectar adulterações. A análise de conteúdo de base biológica utiliza registros de carbono-14, a forma mais precisa para se determinar as fontes naturais e sintéticas de um produto.

Curcumina

Além de seu uso como aromatizante e corante, notavelmente como componente da cúrcuma, a curcumina está também presente em aplicações terapêuticas. A fonte natural da curcumina é o açafrão-da-terra. Como a produção sintética é mais barata, há ocorrências de cúrcuma rotulada como “natural” ser adulterada com componentes sintéticos.

A análise de conteúdo de base biológica oferece um método de detecção de falsificações para determinar se o produto é natural ou sintético, ou se o produto foi adulterado com um equivalente sintético.

Rotulagem de alimentos

A U.S. Food & Drug Administration (FDA) considera o termo “natural” para demonstrar que nada artificial ou sintético (inclusive todos os aditivos corantes, independente da origem) é contido ou foi adicionado a um alimento. A FDA enfatiza que sua política não tem como intenção ajuizar os métodos de produção de alimentos, como o uso de pesticidas, e nem explicitamente visar os métodos de processamento ou fabricação, como tecnologias térmicas, pasteurização, ou irradiação. A FDA também não considera se o termo “natural” deve descrever qualquer benefício nutricional ou de saúde.

Análises rápidas de produtos de origem natural pelo Beta Analytic

O Beta Analytic é acreditado pelo ISO/IEC 17025:2005 e oferece análises de carbono-14 para determinar a porcentagem do conteúdo natural e sintético em alimentos e suplementos dietéticos. O laboratório apresenta os resultados em 5-7 dias úteis. Dispomos também de um serviço prioritário para análises com resultados em 4 ou menos dias úteis. Sediado em Miami, o Beta Analytic fornece relatórios de resultados de acordo com os padrões internacionais ASTM D6866 ou ISO 16620-2 8.3.2: conteúdo de carbono de base biológica como fração de carbono total ou de carbono orgânico total. Para mais informações, envie um email para info@betalabservices.com.

Para saber mais:

O método Código de Produtos Químicos Alimentícios (FCC) e o conteúdo de base biológica de alimentos

SUPLEMENTOS ALIMENTÍCIOS E DIETÉTICOS A análise de autenticidade de produtos naturais com