COVID-19 Notice: WE ARE OPEN AND OPERATING NORMALLY
Beta Analytic, as a laboratory, is considered an essential business under Florida's statewide Stay-at-Home Order. Taking the necessary measures to maintain employees' safety, we continue to operate and accept samples for analysis. Please contact us BEFORE sending your samples so we can recommend you the best way to proceed.

CEN/TS 16137 – Medição do teor de carbono de origem biogénico de plásticos e outros polímeros

  • A CEN/TS 16137 é aplicável a monômeros, polímeros, plásticos e biocompostos.
  • Esta especificação técnica europeia é baseada na análise do carbono 14.
  • Beta Analytic fornece a análise do conteúdo de carbono de origem biogénico sob a CEN/TS 16137.
  • Beta Analytic é um laboratório certificado com a ISO / IEC 17025: 2005 e não é afiliado com o CEN ou o CEN/TC 249.

A CEN/TS 16137 foi desenvolvida pelo Comité Europeu de Normalização (CEN), especificamente pela Comissão Técnica (TC por suas siglas em inglês) 249 do CEN “Plásticos”. Esta especificação técnica fornece métodos de cálculo e análise para a determinação do teor de carbono de origem biogênica de plásticos e outros polímeros que contêm carbono orgânico. Baseia-se nos métodos de carbono-14 descritos na norma EN 15440 e a norma ASTM D6866.

Conforme à CEN/TS 16137, o teor de carbono de origem biogénico de um material é “a quantidade de carbono de uma amostra contendo uma fonte recente verificável pelo seu conteúdo de isótopo carbono de 14”. A CEN/TS 16137 especifica três métodos de análise e expressa o teor de carbono de origem biogênica como:

– uma fracção da massa da amostra;

– uma fração do conteúdo total de carbono; ou

– uma fracção do conteúdo de carbono orgânico total.

A CEN/TS 16137: 2011 (Plastics – Determination of bio-based carbon content / Plásticos: Determinação de carbono de origem biogênico) foi publicada pela primeira vez nobr 31 de julho de 2011.

Nota: Uma especificação técnica (TS por suas siglas em Inglês) é uma norma previa que contém os requisitos técnicos e que, embora seja criada e aprovada por um Comitê Técnico do CEN, não é considerada uma norma europeia (EN por suas siglas em Inglês). Uma TS sim pode ser adotada como um padrão nacional. Sua validade é geralmente de dois a três anos. A TS pode tornar-se uma EN, se aprovada em uma Consulta do CEN e em uma votação formal.

A análise do conteúdo de carbono de origem biogênica por Beta Analytic

O laboratório certificado pela norma ISO/IEC 17025: 2005, Beta Analytic, mede o teor de carbono de origem biogênica de um material mediante a Espectrometria de Massas com Aceleradores (AMS por suas siglas em inglês), medindo diretamente o conteúdo de radiocarbono do material. Em comparação com os outros dois métodos previstos na CEN/TS 16137, a análise por AMS é mais precisa e tem um desvio padrão de apenas 0,1%.

Com sede em Miami, Florida, Beta Analytic aceita amostras de toda a Europa através do seu escritório de encaminhamento, em Londres, Reino Unido.

Beta Analytic apoia à indústria europeia do carbono de origem biogênica fornecendo medições do teor deste tipo de carbono de alta qualidade. Esta empresa não é afiliada com o CEN ou o CEN/TC 249.